" E o que nos faz quebrar a cara de novo e de novo, sem jamais desistir? "

agosto 22, 2010

Não há mais nada a fazer, quando as lágrimas resolvem cair, é inevitável tentar impedi-las.

O verdadeiro motivo por qual estou viva, é saber, é ter fé que algum dia esse sofrimento instalado em meu peito vá embora.É difícil esperar, as vezes a dor suaviza, mas há momentos que parece que vão me matar. E de fato me matam...ao poucos, em alguns instantes perco a fé, e a vontade de sumir me invade totalmente.
Sei que tudo depende de tempo, sei que preciso sofrer para pagar meus erros, preciso aprender, mas será que errei tanto? Talvez.
Escolhas erradas me trouxeram até aqui, escolhas que no momento pareciam ser a coisa certa a fazer.Errei.
Esses erros me fizeram aprender muito, não tenho dúvidas. O famoso arrependimento me mostrou isso muitas vezes, e me mostra até hoje.
São coisas da vida, nos fazem crescer, amadurecer mentalmente, e nos ajuda a ver a vida cada dia de um jeito diferente, com mais transparência.Nem sempre serve para todos.Infelizmente.
E o que nos faz quebrar a cara por várias vezes? Necessidade do errado? Talvez.
Mas nem isso nos impede de continuar, agente enfrenta as barreiras, supera a dor e segue em frente, nem sempre com a cabeça erguida, mas com as lágrimas caindo, deixando marcas pelo caminho, com a esperança de que se algo der errado novamente, que possamos voltar, mesmo sabendo que é em vão, sabendo que as lágrimas que marcaram o caminho já se secaram, que cada escolhas terá um fim, e só depois você irá ver se essa escolha foi realmente boa ou não.E mais uma vez quebrará a cara ao lembrar que é impossível voltar a trás.

Você pode gostar também:

1 comentários

  1. Olá.
    Tudo bem?
    O seu texto ficou muito bom, cheio de sentimento! Gostei bastante.
    Beijos, volta sempre.
    Vou te seguir, segue la também.

    http://www.plickplock.com

    ResponderExcluir

"O escritor é um homem que mais do que qualquer outro tem dificuldade para escrever."