Espero...

agosto 05, 2010

As horas parecem não passar, e o meu desejo de ti ver aumenta a cada minuto que se custa a passar, mas espero.

Quando a hora chega o mundo derrepente parece sair do controle, e os ponteiros do relógio giram descontroladamente. É o que sinto.
Passa tudo tão rápido, se comparando ao longo tempo que esperei, mas vale a pena, pois esses pequenos momentos ao seu lado é o que me faz sorrir.
Quando esse momento acaba, o mundo para, e as horas novamente custam a passar, mas sempre esperarei, até o relógio parar de girar, ai então trocarei as pilhas, e voltarei a esperar-te.

Você pode gostar também:

0 comentários

"O escritor é um homem que mais do que qualquer outro tem dificuldade para escrever."