Fique diante de meus olhos.

setembro 18, 2010

É, mais uma vez aconteceu, eu não esperava, talvez até desejasse, não sei se fico feliz por isso, não há motivos para ficar feliz, e nem para ficar triste, ainda não.

Não sei como isso aconteceu, ou talvez eu saiba, talvez tenha sido seu sorriso, ou teu olhar profundo, ou até mesmo o modo como andas, teu jeito de agir, de falar, seu jeito igual, mas que se diferencia de todos, que talvez só eu perceba.
É, acho que me apaixonei novamente, dessa vez por alguém que não conheço.
Engano.
Eu o conheço sim, conheço o que todos conhecem, ou o que pensam conhecer, talvez conheço-o até um pouco mais, espero.
Idependente de nosso futuro ser juntos ou não, não se afaste, não quero lhe perder de vista, lhe ver, por mais que seja de longe me conforta, saber que está bem, essa é minha alegria, seu sorriso.
Sua ausência me destrói a cada segundo, e trás lágrimas ao meu rosto. Não queira provocar uma enchente.

Você pode gostar também:

0 comentários

"O escritor é um homem que mais do que qualquer outro tem dificuldade para escrever."