Abra os olhos.

dezembro 27, 2010


O que adianta dizer 'te amo' sem amar?
Você me enganou
Eu confiava muito em você para acreditar.
Pessoas me diziam o tempo todo
Eu lhe perguntava
Você dizia não.
Eu inocente acreditava
Por que?
Eu lhe amava cegamente
Você tirava proveito disso.
Você ria de mim junto com seus "amigos"
Eles tentaram me avisar.
Eu lhe perguntava
Você dizia não.
Dessa vez eu não acreditei muito
Você percebeu
E eu com medo de dizer as palavras
você disse...

Foi então que abri os olhos e voltei a enxergar.




(Escrevi esse "poema" faz muito tempo, acho que é um dos meus favoritos, talvez por ter um grande significado, uma grande verdade nele.)

Você pode gostar também:

3 comentários

  1. Lindo poema. Ler coisas que você escreveu no passado podem te mostrar o quanto você mudou e aprendeu com isso. Blog legal!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    Lindo o poema. Eu imagino que a situação por trás dele deve ter sido difícil.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. Gostei da poesia e do seu blog.

    Estou lhe seguindo...

    Beijos

    ResponderExcluir

"O escritor é um homem que mais do que qualquer outro tem dificuldade para escrever."