Nós, emoção


Desde a primeira conversa eu sabia que algo havia mudado. Lá estava eu, perguntando sobre a sua vida como se fosse intima. E não, eu não era. Me surpreendi ao ver você me contando tudo. Eu com essa minha mania de querer aconselhar todo mundo, com você não foi diferente. O engraçado foi a segurança que eu sentia em você, e a que eu percebi que você sentia por mim também. Pronto, foi o suficiente para eu, -logo eu-, começar a lhe falar dos meus mais íntimos sentimentos. E você mais uma vez surpreendeu-me ao me dizer palavras tão confortantes. Me fez bem.
Você, emoção.
Eu, razão.
Muitas outras conversas surgiram. Agente se entendia, e achávamos isso engraçado, ou melhor, surpreendente! Foi essa palavra que usamos.
Nós precisávamos um do outro, a cada conversa, a cada abraço, tudo foi ficando mais intenso, e eu sentia essa intensidade entre nós, mas tentava escondê-la. Já você, não fez muito para disfarçar.
Tudo havia mudado. Aquela sensação que eu havia sentido na nossa primeira conversa estava confirmada. Nada nem ninguém poderia evitar o que estava acontecendo com nós dois.
Eu.
Você.
Inevitavelmente apaixonados um pelo outro.
"Quando você começa
a expressar seus 
sentimentos, é um 
pouco difícil 
parar."

Instagram